Eixos temáticos

Eixo 1 - Cidade, município, elites econômicas/políticas e poder local

​Destaca-se o debate das relações de poder presentes nas pequenas cidades, tanto do ponto de vista do papel das tradicionais elites locais, como também das elites empresariais e dos movimentos sociais, relacionando suas ações e estratégias com o desenvolvimento local a partir das políticas públicas e experiências de governança, seja na escala da cidade ou do município.

Coordenadoras: Profa. Dra. Letícia Parreira Oliveira - SEE/MG; Profa. Dra. Mara Lúcia Falconi Bernardelli - UEMS.

Eixo 2 - Cultura, lugar, patrimônio e identidade
Objetiva-se debater as interações entre as diferentes manifestações culturais (artes, religião, festas, etc.) e a produção do espaço urbano, enfocando temas como a constituição de laços identitários com o lugar, o patrimônio, a (des)territorialização de grupos sociais e as distintas representações e imaginários urbanos.

Coordenadores: Profa. Dra. Alcimara Aparecida Föetsch - UNESPAR; Prof. Dr. Janio Roque Barros de Castro - UNEB.
 

Eixo 3 - Dinâmicas ambientais e desenvolvimento socioespacial

Direciona-se aos estudos que compreendam as dinâmicas ambientais nas cidades a partir de abordagens teóricas, metodológicas e empíricas, além de reflexões que contribuam para o debate sobre desenvolvimento em suas variadas dimensões, visto que a intensificação do processo de urbanização e os impactos dele decorrentes acentuam as preocupações sobre as questões ambientais contemporâneas e o desenvolvimento socioespacial.

Coordenadoras: Profa. Dra. Ana Paula Colavite - UNESPAR; Profa. Dra. Karine Bueno Vargas - UFRRJ.

Eixo 4 - Políticas públicas, planejamento e gestão urbanos

Busca-se congregar trabalhos que discutam o papel das políticas públicas articuladas às ações de planejamento e gestão urbanos, no sentido de promover reflexões acerca das potencialidades, lacunas e desafios da intervenção estatal nas cidades, tratando de aspectos como: instrumentos de participação popular, parcerias público-privadas, função social da cidade, plano diretor, meio ambiente, mobilidade e acessibilidade, entre outros.

Coordenadores: Prof. Dr. Marcus Vinícius Mariano de Souza - UNIFESSPA; Profa. Dra. Sheila Castro dos Santos - UEL.

Eixo 5 - Produção do espaço, dinâmicas urbanas e regionais
Pretende-se debater as dinâmicas urbanas e regionais no contexto da produção do espaço, contemplando estudos que focam sobre esta relação e suas repercussões na cidade e na região, haja vista que a constante atuação dos diferentes agentes sociais na produção da cidade, a partir de interesses e lógicas variadas, gera uma conjuntura de transformações tanto na escala da cidade quanto em âmbito regional.

Coordenadores: Prof. Dr. Márcio Rufino Silva - UFRRJ; Prof. Dr. Paulo Fernando Jurado da Silva - UEMS.

Eixo 6 - Questões teórico-metodológicas sobre pequenas cidades

A preocupação com os estudos de pequenas cidades não é recente na Geografia, mas não esteve presente nos debates de forma significativa nas últimas décadas, dando lugar a outras análises da dinâmica urbana no território, sendo este debate retomado no início dos anos 1990. Pequenas cidades, cidades locais, centros locais são algumas denominações utilizadas para fundamentar uma categoria da análise urbana. Mas o que define a cidade como pequena? Seu tamanho populacional? Sua dimensão territorial? Sua posição na rede urbana? Seu modo de vida? Suas atividades econômicas? Pode-se considerar o município? Pequenos municípios implicam em pequenas cidades? A questão é o que se estuda: pequenas cidades ou municípios? Temos então, um entrave teórico-metodológico, pois faz-se pertinente delimitar, conceituar, definir pequenas cidades para que se entenda as diferentes escalas da urbanização nos territórios.

Coordenadores: Prof. Dr. Pedro Henrique Carnevalli Fernandes - UENP; Profa. Dra. Rita de Cássia da Conceição Gomes - UFRN.

Eixo 7 - Relação campo-cidade e desenvolvimento local/territorial

Propõem-se discutir as relações entre as cidades e o campo e suas implicações no desenvolvimento local (urbano e/ou municipal) e territorial, considerando, para isso, a revolução científico-tecnológica iniciada a partir da segunda metade do século XX, que imprimiu uma nova complexidade nos estudos da relação campo-cidade, que é produto dos processos de urbanização e industrialização, do desenvolvimento do capitalismo no campo e da consequente modernização da agricultura, redefinindo, assim, os espaços urbanos e rurais, imprimindo-lhes uma nova dinâmica.

Coordenadoras: Profa. Dra. Cláudia Chies - UNESPAR; Profa. Dra. Vanessa Maria Ludka - UENP.

Eixo 8 - A cidade e o urbano no ensino

Objetiva-se fomentar o debate sobre o estudo da cidade na educação escolar, tanto no âmbito geográfico, quanto de forma interdisciplinar. O ensino da cidade e do urbano inserido no currículo escolar é fundamental para a formação cidadã, para a vida na cidade, para uma postura crítica, participativa e propositiva diante dos desafios urbanos tanto nas grandes, quanto nas pequenas cidades. A partir do contexto da cidade em que se vive, o Ensino de Geografia pode contribuir na teoria, na metodologia e na prática nos estudos das cidades, com reflexões importantes sobre a dinâmica urbana e a vida na cidade, o direito à cidade  e a relação campo-cidade. Além disso, as ações realizadas pela comunidade escolar,  influenciam na realidade local, possibilitando avanços sociais, políticos, ambientais, culturais e econômicos.

Coordenadoras: Profa. Dra. Andresa Lourenço da Silva - UNESPAR; Prof. Ma. Sandra Terezinha Malysz - UNESPAR.

Normas para envio de trabalhos: clique aqui.

Realização:
unespar.png
Apoio:
agb.png